×
 x 

Carrinho vazio
Shopping cart
Carrinho vazio

Televendas: 4007-2385
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Sexta, 18 Novembro 2016 17:34

Atenção: multas de trânsito estão mais caras

Avalie este item
(0 votos)

Condutores de todo Brasil devem ficar mais atentos às regras de trânsito a partir deste mês. Agora, quem for flagrado cometendo infrações de trânsito pagará multas até 66% mais caras por conta da mudança no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). E os motoristas não sentirão apenas no bolso: algumas violações serão agravadas, como o caso da mistura entre direção e celular, que deixa de ser considerada infração média e passa ser julgada como gravíssima, fazendo com que o preço atual de R$ 85,13 salte para R$ 293,47. Mesmo se flagrados parados no semáforo com o celular na mão, a multa será aplicada e o condutor ainda perderá sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CHN).

Estacionar em vagas destinadas a idosos e a deficientes físicos também passou a ser considerada violação gravíssima. Já o valor das infrações leves, como parar sobre a faixa de pedestres ou na calçada e, ainda, usar a buzina em locais e horários proibidos, aumentou 66%, passando de R$ 53,20 para R$ 88,38. Transitar em períodos ou lugares proibidos ou com farol e lanternas queimados, violações julgadas como médias, sobem de R$ 85,13 para R$ 130,16, um crescimento de 52%.

As multas para infrações graves, como não acionar a seta quando necessário ou conduzir um veículo com pneu careca, crescem 52%, saltando de R$ 127,69 para R$ 195,23. Além disso, os flagrantes considerados gravíssimos, como deixar de dar preferência a pedestres, dirigir sem a CHN, disputar racha ou forçar a ultrapassagem em estradas, passam de R$ 191,54 para R$ 293,47.

Os motoristas que se recusarem a fazer o teste do bafômetro também serão impactados com a mudança no Código de Trânsito, já que passarão a desembolsar R$ 2.934,70 e terão a habilitação suspensa por 12 meses. Antes, a punição era de R$ 1.915 para os infratores. Quem ultrapassar a velocidade máxima indicada acima de 50%, será multado em R$ 880,41, e não mais em R$ 574,62.

Cuidado com o volume do som

Desde outubro, a altura do volume das músicas que condutores escutam ao dirigir também passou a ser fiscalizada de forma mais rígida. Agora, os fiscais de trânsito podem julgar de ouvido se a regra está sendo desrespeitada, com o carro em movimento ou estando parado, o que antes exigia a utilização do decibelímetro para verificar se os motoristas estavam ultrapassando o limite de 80 decibéis permitidos pelo CTB. A infração é julgada grave, com multa de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na CHN, além da apreensão do veículo. Carros de som de publicidades com autorização para circular, alarmes e sirenes estão liberados da proibição.

Fonte: http://www.viverseguronotransito.com.br/

Lido 873 vezes

Mais lidas

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e promoções.

Onde Estamos

Endereço:
Avenida Guarapari, 37, Edifício Workshop, Santa Amélia, Belo Horizonte-MG
CEP: 31.560-300

E-mail:
contato@e-novatebrasil.com.br

Atendimento:
Seg. a Sex. das 8hs às 18hs
Telefone: 4007-2385

Parceiros